Prepare para se surpreender. A culinária na Ilha de Moçambique é única e carrega a diversidade cultural das diversas pessoas que passam nesse lugar com uma rica história. A comida aqui possui influência indiana, swahili, portuguesa e árabe. Desde os deliciosos, sutilmente apimentado currys de lula ou camarão, até os pães perfeitamente assados, e ‘apas’, nós garantimos que você terá uma experiência gastronômica inesquecível.

A Ilha de Moçambique oferece uma variedade de restaurantes que custam de 5 a 30 dólares. 

Se você está sentindo um espírito aventureiro, um número de vendedores de rua oferecem snacks que incluem bajia (um snack frito feito de farinha de grão de bico e temperos), samosas de batata ou peixe, lula frita, peixes inteiros fritos, brioches, doughnuts fritos de coco, amendoins salgados ou assados, kebabs, uma variedade de doces locais e obviamente uma quantidade enorme de frutas tropicais, como manga, banana, abacaxi, papaia e maracujá. 

Nossos tours de dhow oferecem uma oportunidade de experimentar comidas tradicionais da ilha, incluindo a Matapa de Siri-Siri (uma suculenta que cresce nos manguezais, cozidas com um curry de coco e castanhas de caju), café swahili temperado, churrasco de atum com acompanhamentos: limão conservado, picles de manga verde e piri-piri.

Restaurantes

Ancora D’Ouro

Nosso favorito, um restaurante aberto em uma pequena praça em que você pode sentar na calçada ou nas altas janelas e observar a vida na Ilha passando, enquanto os ventiladores giram devagar sobre as suas cabeças. Eles servem frutos do mar excelente – lagosta, atum, cava-cava, camarão, lula. Também possuem pizzas feitas no forno de lenha (uma das melhores que já experimentamos). E você pode começar o seu dia com um ótimo café-da-manhã aqui. Nós recomendamos o combo de café-da-manhã – uma granola deliciosa, iogurte feito em casa, pães e geléias feitos em casa, ovos e espresso. Ancora D’Ouro possui um ambiente feliz, relaxado que mistura uma atmosfera urbana e de ilha, combinando uma comida deliciosa com um serviço ótimo da querida host e dona, Eva.

Sara’s Place

Logo na junção da Cidade de Pedra e Cidade de Makuti, a Sara’s Place é um bar de rua com um surpreendentemente grande restaurante no fundo, feito de sapê em um estilo típico da ilha. Experimente a samosa de peixe com uma cerveja gelada como aperitivo. Como pratos principais eles oferecem uma variedade de frutos do mar servidos com batata frita, salada, arroz de coco e um curry de cabra cozido por horas. Outro prato local super saboroso é o Tocassado de peixe (uma sopa/ensopado de cabeça de peixe) acompanhado de Xima – você poderá ver um olho te encarando, mas não é obrigado a comê-lo. A dona, Sara, representa a identidade do restaurante (ela também foi destaque em um episódio do Anthony Bourdain). É um restaurante popular para os turistas e para os locais.

Flor de Rosa

Também conhecido como ‘Bar Flor’, possui um lindo rooftop; um ótimo local para observar a vida na ilha passando enquanto você toma as melhores Caipirinhas da cidade. Os donos são um casal Moçambicano/Italiano e consequentemente o restaurante oferece ótimos frutos do mar grelhados e também massas frescas feitas em casa. Esse é um ótimo restaurante se você possui vegetarianos no seu grupo.

Nossos favoritos são: Lagosta inteira grelhada, Gnocchi com alho e chili. Nos finais de semana é um lugar animado para os locais e turistas se encontrarem, para se preparar para sair para dançar.

Karibu

Em uma rua bem estreita e um local que parece mais uma loja de antiguidades do que um restaurante, você pode se sentar na calçada para um drink antes do jantar. Escolha entre pratos interessantes e inovadores que possuem entradas, pratos principais, sobremesas e especiais do dia. Experimente as sardinhas pescadas no dia com um molho simples; a lula grelhada preparada com chorizo – uma ótima combinação se você nunca experimentou; salada de marlin defumado; risoles (pasteizinhos recheados de camarão). Mas o vencedor é o divino atum malpassado com uma crosta de gergelim. Jorge, o host, oferece um ótimo serviço e o seu time é maravilhoso, esse lugar é um dos favoritos dos expatriados locais.

Escondidinho

Esse restaurante fica dentro de um jardim verde ao lado da piscina. Ele é parte de uma guesthouse em um prédio antigo, no coração do comércio de escravos da ilha – o prédio foi o mercado central de escravos. Fique tranquilo, você comerá melhor que os escravos. O menu é composto principalmente de frutos do mar, servidos com batatas fritas e salada, e eles também oferecem um prato com frango, mas possui poucas opções para vegetarianos e veganos. Sentem e relaxem, aproveitando a atmosfera com uma ótima refeição acessível e uma cerveja gelada.

Os hotéis Villa Sands e Feitoria também tem restaurantes que são abertos para o público.

Entretenimento

Depois de aproveitar um prato delicioso, vá ao rooftop do Flor de Rosa e experimente algumas caipirinhas, ou vá à Sara’s place para um par de cervejas, onde normalmente ficam muitas pessoas ouvindo boas músicas tocando (a Sara também possui uma mesa de sinuca no outro lado da rua). Se envolva na atmosfera e quando estiver pronto você pode andar para a esquerda da Ilha até o Beach Club (pergunte para qualquer um – alguém lhe mostrará o caminho). Você encontrará algumas barracas na frente da praia com cadeiras na areia e algumas pessoas aproveitando a pista de dança. Mergulhe seu pé no oceano logo ao lado, sinta o burburinho chegando e quando estiver preparado para dançar de verdade, vá até o Miraponte, a discoteca local.

Miraponte está localizado bem na ponta de Ilha, e você pode tanto andar pela “contra costa”ou ir pela rua principal. Você pode também encontrar uma moto e pagar 20 Meticais se você quiser guardar sua energia para dançar. 

É impossível perder a entrada – muitas pessoas ficam na frente dela e tem um bar na rua. Pague uma taxa de entrada de 100 meticais e você estará em um lugar relaxado mas também frenético que anima todos no final de semana da Ilha. O chão fica cheio de areia, se tornando um ótimo lugar para dançar e pular. As coisas ficam animadas por volta da meia noite então tenha paciência, espere o lugar encher e você não se decepcionará. As melhores noites são aos sábados.

O lugar é seguro, como o resto da Ilha, e uma ótima oportunidade para encontrar com outras pessoas que gostam de festas. Ao contrário de outros lugares em volta, esse não é um lugar seletivo, então você provavelmente vai encontrar as pessoas que te servem o jantar! Seja a garçonete da Sara ou da Feitoria. Então relaxe, sente e observe os moçambicanos que dançam demais, ou curta o som da Tanzânia, África do Sul, Moçambique, Angola, Nigéria até o dia raiar. Ande de volta para o seu hotel ou pegue uma moto e veja o nascer do sol sob o mar. Felicidade.